Board index Joy of Satan Portugues Programas Judeus Estão Unidos Pelas Mesmas Atrocidades

Programas Judeus Estão Unidos Pelas Mesmas Atrocidades

JoSportuguese – Joy of Satan em Português


Este grupo é para falantes de língua portuguesa que desejam estabelecer um relacionamento com Satan e discutir Satanismo Espiritual de forma séria.

Nós acreditamos que Satan e seus Demônios são seres reais. Seu tu és Satanista filosófico ou crê de outra forma, não tentes empurrar vossa crença aqui.

Pessoas que simpatizem com e/ou apoiem os inimigos de Satan (judeus, cristãos e muçulmanos) serão BANIDAS!

Blasfêmia contra Satan e/ou seus Demônios não será tolerada!

Se tu acreditas que Satan e seus Demônios são malignos, este grupo não é para ti, procure outro.

Não tentes empurrar crença Wiccana ou outros credos não-satânicos aqui.

Não tentes promover indivíduos, grupos ou organizações que atacam o Joy of Satan. Suas postagens serão apagadas e tu serás banido.

Qualquer um que promova qualquer coisa ilegal será banido, salvo Nacional-Socialismo e Revisionismo Histórico se estes forem criminalizados em vosso país.

Por favor, seja educado. Provocações não serão toleradas.

http://portugues.bucurialuisatan.com

http://expondocomunismo.bucurialuisatan.com

http://thirdsexthulesociety.weebly.com/portugues.html

http://ssbiblioteca.webs.com

Sumo-Sacerdotisa Myla Limlal

Moderators: Egon, High Priestess Myla Limlal666



Posts: 2696
Location: Internet — "The cradle of 21st century White Supremacy"

Todos os Programas Judeus Estão Unidos
Pelas Mesmas Atrocidades


“Não se acanhem em usar violência para destruir o orgulho racial da mulher alemã. Peguem-nas como sua propriedade legítima, vós, valentes soldados do exército vermelho!”
-Ilia Ehrenburg, judeu russo, propagandista do holoconto.

Aboda Sarah 37a: “As filhas dos goyim podem ser estupradas a partir dos 3 anos de idade.”
- Talmude judaico

“Não se pode levar mulheres casadas até que tu as ganhe numa batalha contra os infiéis.”
- Alcorão 4:24

Esta comparação mostra que por detrás de todos os programas judeus – cristianismo, comunismo, islamismo, marxismo etc. – existe a mesma mentalidade judaica. Como os russos durante a 2ª Guerra Mundial usaram batalhões mongolóides para estupros e atrocidades e como ingleses e americanos usaram marroquinos como hordas de bestas que estupraram todos em seu caminho. Estas são táticas mútuas de todos os Aliados, porque por detrás de todos eles há os judeus:

Soldados e policiais estupraram mulheres. Dois hospitais principais de Berlim somente receberam de 95 a 130 milhares de vítimas estupradas. Cerca de 10 mil das vítimas estupradas cometeram suicídio. Na Prússia Oriental, Pomerânia e Silésia, 1,4 milhões de mulheres foram estupradas e neste houve mais mortes. Como um todo, não menos que 2 milhões de mulheres alemãs foram estupradas. Mulheres e meninas ucranianas, russas e bielorrussas “libertas” de campos de trabalho alemães também foram estupradas.
- Yakov Krotov, História Russa. Rússia na Segunda Guerra Mundial. Crimes de Guerra do Exército Russo.

Image

“Os mongóis estão vindo... Vá rápido. Vá rápido.”

“Composta basicamente de mongóis, kulaks, cazaques, kalmuks e outros asiáticos, bem como condenados e comunistas, estes homens que formaram a segunda onda de tropas (a primeira era de eslavos) eram considerados, até mesmo por seus próprios camaradas, como absolutamente impiedosos. Apavorados com a notícia, muitos alemães fizeram tentativas de fugir e se mudar na sequência da primeira onda Soviética. A maioria, no entanto, encontrou-se presa e não podia fazer mais do que esconder as meninas e, mais uma vez, rezar para que os seus piores receios fossem infundados. Depois de uma espera de, às vezes dias, mas normalmente apenas algumas horas, a segunda temida onda chegou.”
- Do livro de 2010 de Thomas Goodrich, Hellstorm: The Death of a Germany (1944-1947).

Deixe-me dizer-lhe sobre um grupo de vítimas – as vítimas reais – da Segunda Guerra Mundial que tu nuncas ouviste falar por esta mesma razão. Em maio de 1944, os Aliados – as forças da democracia e da igualdade, as forças anti-Nazistas e pró-Judaicas – finalmente conseguiram tomar o Monte Cassino nos Apeninos da Itália central, longe do exército alemão, depois de bombardear em ruínas a abadia de seis séculos do Monte Cassino. Os Aliados tinham alguns soldados marroquinos consigo. Eles queriam “diversidade” em suas forças armadas até então. Eles queriam demonstrar sua crença na igualdade racial. Os marroquinos eram simplesmente medíocres como combatentes, mas eles realmente se destacaram em cortar as gargantas dos prisioneiros depois que a luta havia terminado. Eles eram muito bons em estuprar civis também. A noite após a batalha pelo Monte Cassino havia terminado e os alemães se retiraram de boa fé, uma divisão de soldados marroquinos, 12.000 deles, deixaram o acampamento e invadiram um grupo de aldeias da montanha ao redor do Monte Cassino. Eles estupraram todas as mulheres e meninas da aldeia que podiam ter em suas mãos, um número estimado de 3.000 mulheres, com idade variando de 11 a 86 anos. Eles assassinaram 800 homens da aldeia que tentaram proteger suas mulheres. Eles abusaram de algumas mulheres tão mal que mais de 100 delas morreram.
Fonte: http://www.natvan.com/free-speech/fs977c.html

Esse ódio profundamente arraigado e medo dos arianos é muito típico da alma judaica, e islão, como sabemos, é judaico em seu núcleo.

O povo Yezidi do Iraque dos dias atuais são descendentes distantes destes Airyanem Vaejah, mostrado no facto de que muitos desses homens e mulheres ainda exibem as características físicas arianas, tais como cabelo loiro e olhos azuis:

Image

Ainda hoje, o ódio de Umar Ibns ao nosso povo ariano, ou devo dizer, o ódio judaico ao nosso povo, está bem vivo, como podemos ver no genocídio Islâmico contra os Yazidis acontecendo atualmente.
http://www.dailymail.co.uk/news/article-3002547/IS-likely-committing-genocide-against-Yazidi-minority-Iraq-UN.html

Observe como eles usam estupro e gravidez forçada como um meio para destruir. Eles estão tentando erradicar os genes arianos da humanidade completamente. Eles usaram as mesmas táticas durante as conquistas islâmicas. Muitas das mulheres das terras conquistadas, que não foram assassinadas, foram levadas como escravas sexuais, engravidadas e tiveram sua linhagem genética destruída. Os judeus costumam usar essa tática para se infiltrarem. É também por isso que incentivam e empurram mistura racial sobre a humanidade gentia. Isso é genocídio sistemático!

Agora, olhe acá, essa mesma tática judaica de atrocidades contra raça Ariana foi atualizada, a saber, a de estuprar mulheres arianas até a morte. Porém, no século 21, essa versão atualizada é chamada de “imigração muçulmana”.

Sumo Sacerdote Hooded Cobra:
Isso aqui é atroz. Mostra o puro ódio dos bastardos inimigos, sua mentalidade doente, sua religião doente e o ódio judaico e muçulmano por tudo o que é bonito e é de Satan. Os suecos são um dos brancos de sangue mais puro e eles são agredidos neste veneno cultural marxista.

Lembro-me de uma menção por Savitri Devi, sobre aqueles que são naturalmente inferiores, atacam os que são superiores a eles apenas por causa de pura inveja e ódio. Está lá. Fiquei chocado ao ler isto. Essa porcaria está muito fora de controle.

Na imagem, Linda, uma sueca estuprada por uma gangue de africanos islâmicos:
Image

http://www.frontpagemag.com/2013/dgreenfield/1-in-4-swedish-women-will-be-raped-as-sexual-assaults-increase-500

Uma em cada quatro mulheres suecas serão estupradas,
pois agressões sexuais aumentaram em 500%

29 de janeiro de 2013, por Daniel Greenfield

Daniel Greenfield, um companheiro Shillman Jornalismo no Centro Liberdade, é um escritor de Nova York se concentrar sobre o Islã radical. Ele está concluindo um livro sobre os desafios internacionais que a América enfrenta no século 21.

Image
A Suécia importou um grande número de imigrantes muçulmanos com efeitos catastróficos.

A população da Suécia cresceu em 9.000.000/9.500.000 nos anos 2004-2012, principalmente devido à imigração de “países como Afeganistão, Iraque e Somália”. 16% de todos os recém-nascidos têm mães nascidas em países não-ocidentais. A taxa de emprego entre os imigrantes é de 54%.

A Suécia agora tem o segundo maior número de estupros no mundo, depois da África do Sul, que de 53,2 por 100.000 habitantes é seis vezes maior do que nos Estados Unidos. A rstatísticas sugerem agora que 1 em cada 4 mulheres suecas serão estupradas.

Em 2003, as estatísticas de estupro da Suécia foram maiores do que a média de 9,24, mas em 2005 elas subiram para 36,8 e em 2008 subiram para 53,2. Agora, eles são quase certamente ainda maiores como imigrantes muçulmanos que continuam formando uma maior percentagem da população.

Com muçulmanos representam até 77% dos casos de estupro e um grande aumento dos casos de estupro em paralelo com um grande aumento da imigração muçulmana, as ondas de imigração muçulmana estão provando ser uma epidemia de agressão sexual de uma ideologia misógina.

As estatísticas são distorcidas pelos centros urbanos, onde os colonos islâmicos se aglomeram. Em Estocolmo, no verão, houve uma média de cinco estupros por dia. Estocolmo passou de uma cidade sueca para uma cidade que é um terço imigrante, e entre um quinto e um quarto é de muçulmanos.

A Suécia, como o resto do Ocidente, terão que entrar em acordo com o fato de que pode ter ou igualdade feminina ou imigração muçulmana. Não se pode ter ambos.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------

Testemunhos da Lituânia:
“Nazistas” vs. Comunistas, a Diferença


Os comunistas judeus exterminaram 12% de toda a população lituana sozinha. A NKVD judaica colocava centenas de mulheres e crianças em furgões e então os trancava lá e ateava fogo.

Não é por engano que a nação lituana ainda tem paradas e monumentos dos veteranos das SS. Eles sabem muito bem pelo que eles estavam lutando.

Image

Interessante, porém não surpreendente que durante a Segunda Guerra Judial, não houve casos de estupro pelos militares alemães. A penalidade para tal delito nas forças alemãs era morte e isso seria aplicado, mas não foi preciso ser aplicado, pois os alemães, como historiadores notaram, simplesmente não estupravam. O General Patton estava certo, os alemães eram a raça mais nobre da Europa e ele se arrependeu de tê-los combatido. Patton também veio a odiar os judeus e ficou esperto acerca deles, tanto que eles o assassinaram.

Eram os exércitos americano e vermelho, de comando e posse judaica, que cometeram estupro. De facto, o exército vermelho, sob ordens de comissários judeus, tinham a política de estuprar meninas e mulheres dos 8 aos 80 anos. Solzhenitsyn, que era um oficial do exército vermelho e ficou naturalmente enojado com isso, escreveu que quando as ordens vieram para finalmente parar os estupros coletivos, pois estava ficando impossível restaurar a ordem na Alemanha Comunista Oriental, as hordas vermelhas tinham que ser fuziladas por seus próprios oficiais para serem impedidas. Basicamente, pelo que Solzhenitsyn escreveu, o exército vermelho estava embriagado de vodca e estupro, de Moscou a Berlim. Solzhenitsyn escreveu que o estupro constante desumanizou seus homens em bestas com gosto por isso, até que isso os consumiu ao ponto de terem de levar um tiro na cabeça para pará-los.


Posts: 197
"O objetivo político e a política de Hitler são direcionados para alcançar seu objetivo sem perda de sangue, conseguindo ascender à posição de maior poder na Alemanha com muito pouco derramamento de sangue ou perda de vidas humanas em uma terra de 68 milhões de habitantes...", Daily Mail, 20 de Maio de 1938

"Ele era um guerreiro para a humanidade e um arauto da justiça para todas as nações. Ele era uma figura reformadora do mais elevado grau, e foi o seu destino histórico que ele tinha que trabalhar em momento de baixeza sem precedentes, que no final o derrubou." - escritor norueguês e Prémio Nobel, Knut Hamsun


Return to Joy of Satan Portugues

cron